Entrevista com os Vencedores do Conceito Royale do Fortnite de Junho de 2021: Ladiale e Alta!

22.12.2021
Por Equipe Fortnite

No Conceito Royale de junho, pedimos para a comunidade mostrar seus conceitos mais festivos, gelados e divertidos para os transformarmos em Trajes no jogo. O resultado? Os conceitos dos membros da comunidade Ladiale (@lbdart_) e Alta (@AltaCalls) nos deixaram impressionados! Criamos os Trajes Nália e Arrepiosso com base nas ideias deles, e vamos lançá-los na Loja de Itens em 23 de dezembro, às 21h BRT. 

Fortnite Nalia and Frigid Foregoer Outfits

Da esquerda para a direita: Nália, baseada no conceito de Ladiale, e Arrepiosso, baseado no conceito de Alta.


Conversamos com Ladiale e Alta sobre a inspiração por trás dos conceitos deles, sua carreira artística, a sensação de ganhar o Conceito Royale e mais:

De onde veio a inspiração para o seu conceito?

Ladiale: a inspiração é uma coruja. Acho que elas são animais majestosos que sofrem muito com preconceito e estigmas. Criei o conceito com base no animal e também na Chapeuzinho Vermelho. 

Alta: a ideia de ele ser um esqueleto congelado apareceu sozinha na minha cabeça. Eu adoro os Trajes de esqueleto do Fortnite, e quando pensei nisso meu cérebro juntou as duas ideias!


Qual é a sensação de vencer o Conceito Royale e ver o seu trabalho no Fortnite?

Ladiale: eu ainda nem estou acreditando. Eu fico pensando que, a qualquer momento, alguém vai aparecer e me dizer que foi tudo um engano. É uma loucura, mas estou muito grata. Eu não esperava que isso fosse acontecer e me inspirou a continuar criando.

Alta: é um sonho que se realizou, de verdade. Eu sempre adorei criar personagens e inventar histórias e visuais para eles. Quando vi o concurso, eu soube que precisava participar. Eu sabia que seria difícil, já que tem muito talento na comunidade, e eu estava certo. Os [conceitos] que apareceram no concurso foram incríveis! Eu nem consigo descrever a sensação de finalmente ver uma das minhas ideias e um dos meus personagens no Fortnite. 


Quando você começou a criar conceitos de Trajes? E a fazer arte?

Ladiale: Nália foi meu primeiro conceito de Traje para o Fortnite. Foi a primeira vez que eu criei algo para a comunidade. Eu tinha muita insegurança e muitas expectativas ao mesmo tempo, mas eu já faço arte e design de personagens há muitos anos. Não sou profissional, mas atuo como artista autodidata desde 2016. Sempre quis criar minhas próprias histórias, e senti que era necessário virar artista.

Alta: eu sempre fiz arte, mas comecei a criar arte 3D no começo de 2017! Sempre foi um hobby para mim, criando qualquer ideia que eu tivesse. Comecei a fazer conceitos de Traje do Fortnite no meio de 2020 quando um amigo me deu uma ideia de um Traje baseado no Agente do Caos! 


Qual é a sua parte favorita do Fortnite?

Ladiale: minha parte favorita é compartilhar e criar experiências com outros jogadores, a direção artística, as cores vibrantes e a diversidade enorme de itens e conceitos.

Alta: é difícil escolher uma coisa só porque eu adoro muitas partes do jogo, mas se eu tivesse que escolher, eu diria que gosto mais da história. Ela é muito especial para mim e muito única. Adoro acompanhar esses eventos e reagir a eles com meus amigos.


Qual elemento do seu conceito representa mais você?

Ladiale: essa é uma pergunta difícil, mas acho que a máscara e a capa. Eu costumava usar capas como essa nos meus avatares.

Alta: eu diria que a ideia de ser baseado em um caubói. Eu sempre adorei filmes e programas de faroeste e personagens desta temática.


Como você descreveria seu conceito em três palavras?

Ladiale: onírico, vibrante, positivo.

Alta: vingativo, frio, impiedoso.


Fale alguma curiosidade sobre você!

Ladiale: eu não ia participar do concurso, mas um amigo meu disse que me daria um presente se eu participasse! O apoio do meu namorado também foi muito importante.

Alta: eu adoro jogos roguelike! É um dos meus gêneros de jogo favoritos hoje em dia!
 



Nália e Arrepiosso entram no Fortnite como parte do evento Festival Invernal 2021. Leia mais a respeito na nossa publicação do Festival Invernal!